Íntegros diante dEle

Imprimir
PDF

editorial-551Editorial da Semana: Lucas Tutui

Estamos constantemente descontentes com nossos políticos, com o governo corrupto que nos lesa, pelos impostos que nos são cobrados e não vemos retorno. A desonestidade fere os nossos corações, seja ela vista nos noticiários, no trabalho, nas salas de aula de cursinhos, escolas, faculdades, no trânsito e em todos os lugares. Além de valores morais distorcidos em nossa sociedade, até por parte de alguns “cristãos”, falta integridade às pessoas que estão a nossa volta. Cabe a nós, fiéis e verdadeiros seguidores de Cristo, sermos identificados íntegros diante da sociedade e principalmente do nosso Senhor. E o que eu devo fazer para ser encontrado sem nenhuma falta para com Deus, ou seja, ser achado integro?
As Escrituras nos comunicam que Deus não procura em nós sacrifícios e nem rituais “puros” (Is 1.11-15), mas de nós é requerido obediência e retidão moral, pois Ele sonda os nossos corações e não o que aparece exteriormente (Sl 15.2-5). Somos alertados contra a hipocrisia, oferecer apenas sacrifícios inúteis para Deus. Em 1 Samuel 15, vemos a desobediência de Saul, que transgrediu o mandato do Senhor de destruir por completo os amalequitas, e preservou os melhores gados e ovelhas do povo inimigo para sacrificar ao Deus de Israel, porém foi exortado pelo profeta Samuel: "Acaso tem o Senhor tanto prazer em holocaustos e em sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? A obediência é melhor do que o sacrifício, e a submissão é melhor do que a gordura de carneiros” (1 Sm 15.22). O que deixa claro que Saul não conhecia de fato o seu Senhor. No Salmo 40, Davi nos lembra de que o Senhor não deseja seus sacrifícios apenas, mas sim o seu coração por completo, por mais que ele obedecesse a Lei, seu desejo era de cumpri-la de todo seu coração e não apenas como um rito vazio em sua essência. (Sl40.6).
Se formos íntegros diante de Deus, e se em nós não for achado nenhuma falta para com Ele, é muito provável que estejamos sendo vistos como pessoas honestas e raras no meio da sociedade em que vivemos.
“Senhor, quem habitará no teu santuário? Quem poderá morar no teu santo monte?
Aquele que é íntegro em sua conduta e pratica o que é justo, que de coração fala a verdade”
Salmo 15:1-2

 

LOJA VIRTUAL

propaganda

ÚLTIMO VÍDEO

Veja tudo o que disponibilizamos

TESTEMUNHOS

  • Koinonias

  • noticias

  • galerias